Quinta-feira, 16 de Junho de 2011
Um cadáver ao sol

Segundo informações veiculadas pela agencia Reuters, a Alemanha pretende adiar para Setembro a decisão relativamente a um novo pacote de ajuda financeira à Grécia. Segundo a mesma fonte, a razão para o adiamento reside na discordância relativamente ao papel dos investidores privados num novo resgate. Os alemães, com o respaldo de finlandeses, eslovacos e holandeses defende a contribuição obrigatória dos credores privados num novo financiamento enquanto BCE, Espanha e Bélgica defendem a contribuição voluntária.

 

Entretanto, Atenas está a arder... No meu entender, o grande problema já não se prende com a coesão (salvação) da moeda única mas sim com a viabilidade da Grécia enquanto país democrático e soberano. O caos social, depois de 5 planos de austeridade duríssimos sem resultados práticos ameaça tornar a Grécia num país não só insolvente como inviável...

 

Os gregos falharam porque viveram muitos anos acima das suas possibilidades, porque manipularam as suas contas (com ajuda de grandes bancos de investimento internacionais a quem ninguém pede satisfações), porque acumularam uma serie de benesses e direitos que levaram à falência do país... Enfim, um verdadeiro "regabofe" alimentado a crédito fácil concedido pela banca, depois utilizado a comprar Mercedes e outros bens de consumo oriundos da Baviera. A sucessão de erros e de "empurrões com a barriga" deixou os helénicos na situação de bancarrota, sujeitos a humilhação constante da imprensa anglo-saxónica, das inenarráveis agencias de rating e dos próprios parceiros europeus que, contrariando todos os princípios de soberania nacional, se querem encarregar das privatizações a preço de saldo (que beneficiarão outras empresas, adivinhe-se de que países....)

 

A Grécia, apesar de todos os erros, foi vitima da mais atroz falta de solidariedade europeia e experimentalismo economico. Neste momento, tem um pé fora do euro... Resta saber quem se seguirá...

 

 



publicado por HGjr às 16:53
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Afonso Eça a 17 de Junho de 2011 às 09:13
"Insanity: doing the same thing over and over again and expecting different results", com tanto empurrar para a frente e sucessivos adiamentos de uma solucao final para esta crise a Europa extrema cada vez mais as solucoes possiveis - sendo que parece ignorar que cabe aos Gregos a vontade de pagar as suas dívidas...se a inércia Europeia for tal (adiar solucoes para Setembro) talvez até lá os Gregos percam a vontade de pagar e aí então a Europa terá que encontrar solucoes, mas para um problema muito mais grave e de muito maior dimensão que a dívida Grega.


Comentar post